quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Introdução sobre Verbos

Dicas de Português


A partir deste tutorial mudarei um pouco o formato; procurarei mesclar um assunto – adjetivo, por exemplo – e logo após reforçar com exercícios de fixação, alguns comentados e outros sem comentários.

Neste primeiro tutorial abordarei, primeiramente, verbo que é um assunto complexo e bem extenso. Espero continuar atingindo meu objetivo que é abordar a Língua Portuguesa de maneira simples e de fácil entendimento.

VERBO
É uma palavra que indica uma ação, estado ou fenômeno, situando-os no tempo.
Podemos flexioná-lo em número, pessoa, tempo, modo e voz.

NÚMERO
A duas flexões: singular e plural.
Vendo – singular;
Venderam – plural.

PESSOA
1ª pessoa – é aquela que fala. (eu pago);

2ª pessoa – é aquela com quem se fala. (tu cantas);

3ª pessoa – é aquela de quem se fala. (eles venderam).

Notem que número e pessoa estão interligados:
Eu pago – 1ª pessoa do singular;
Eles venderam – 3ª pessoa do plural.

TEMPO
Os tempos verbais indicam fatos que acontecem no momento da fala, fatos conclusos, fatos não concluídos no momento em que estavam sendo observados e fatos que acontecem depois do momento da fala ou um fato futuro, mas ligado a um outro, no passado.

Os tempos verbais dividem-se em:
Presente;
Pretérito (perfeito, mais-que-perfeito e imperfeito);
Futuro (futuro do presente e futuro do pretérito).

PRESENTE
Indica que os fatos acontecem no instante da fala.
Exemplo: Nós recebemos nossas provas de matemática.

PRETÉRITO PERFEITO
Expressam fatos conclusos.
Exemplo: Daniel pintou a casa.

PRETÉRITO IMPERFEITO

Expressa fatos ou acontecimentos que não foram concluídos no momento em que estavam sendo observados.
Exemplo: Daniel pintava a casa, quando Júlia chegou.

PRETÉRITO MAIS-QUE-PERFEITO
Expressa fatos concluídos, mas que aconteceram antes de outros fatos concluídos.
Exemplo: Daniel pintara a casa, quando Júlia chegou.

FUTURO
Expressa fatos que acontecem depois do momento da fala ou um fato futuro, mas ligado a um outro, no passado.Divide-se em:

Futuro do presente;
Futuro do pretérito.
FUTURO DO PRESENTE
Expressa fatos que acontecem após o momento da fala.
Exemplo:
Daniel pintará a casa.

FUTURO DO PRETÉRITO
Indica um fato futuro, mas relacionado a um outro, no passado.
Exemplo:
Daniel pintaria a casa, a tinta acabou antes de terminar o serviço.

MODO
Os modos verbais indicam diferentes maneiras de um fato ser expresso. É dividido em:
Modo indicativo;
Modo subjuntivo;
Modo imperativo.
MODO INDICATIVO
Indica um fato certo.
Exemplo:
Ele canta no teatro hoje à noite.

MODO SUBJUNTIVO
Indica um fato duvidoso, hipotético.
Exemplo:
Espero que ele volte cedo.

MODO IMPERATIVO
Indica ordem, proibição, pedido, conselho, etc.
Exemplo:
Fique aqui. (ordem)
Não entre na sala. (pedido)

VOZES VERBAIS
Por último o verbo é flexionado pelas vozes verbais que indicam se o sujeito pratica, recebe ou pratica e recebe a ação.São três as vozes verbais:

Voz ativa;
Voz passiva;
- Voz passiva analítica;

- Voz passiva sintética.

- Voz reflexiva.

VOZ ATIVA
Na voz ativa o sujeito pratica a ação.
Exemplo:
A torcida aplaudiu a Seleção Brasileira.

VOZ PASSIVA
Na voz passiva o sujeito é paciente, ou seja, recebe a ação verbal.
A voz passiva é dividida em:
Voz passiva analítica à apresenta o verbo auxiliar (ser, estar, ficar) + particípio do verbo indicador da ação.
Exemplo:
A Seleção Brasileira foi aplaudida pela torcida.
Voz passiva sintética à apresenta verbo indicador da ação + o pronome apassivador SE.
Exemplo:
Pintam-se casas.

VOZ REFLEXIVA
Na voz reflexiva o sujeito pratica e recebe a ação ao menos tempo, ou seja, o sujeito é agente e paciente simultaneamente.
Exemplo:
O menino feriu-se na perna.
A seguir alguns exercícios inerentes ao que foi apresentado.

(CEFET – PR) – Transcreva o período abaixo na voz passiva sintética:

“Vendia relógios no contrabando”.

Sabemos que a voz passiva sintética apresenta o verbo indicador da ação – no caso o verbo vender – mais o pronome apassivador.

Transcrevendo a frase: Vendiam-se relógios no contrabando.



(FUVEST) –Reescreva as duas frases seguintes de acordo com o modelo:
“Os preços irreais afetaram a previsão orçamentária. – A previsão orçamentária foi afetada pela irrealidade dos preços”.

a) Os rostos impassíveis disfarçavam a emoção do povo.
Reescrevendo: A emoção do povo era disfarçada pela impassividade dos rostos.

b) A noite negra assustava os viajantes.
Reescrevendo: Os viajantes eram assustados pela negrura da noite.

Dê a forma dos verbos no presente do subjuntivo:
a) 1ª pessoa do plural do verbo FALAR:
Que nós falemos.

b) 3ª pessoa do plural do verbo PARTIR:
Que eles partam.

c) 3ª pessoa do singular do verbo SAIR:
Que ele saia.