segunda-feira, 2 de março de 2015

Palavra Cruzada

Palavra Cruzada

A utilização das palavras cruzadas em sala de aula tem por finalidade desenvolver entre outras habilidades a de estimular a memória. Ao fazer uso da palavra cruzada, não devemos nos preocupar com uma idade apropriada para se fazer o exercício. Pode ser usado desde a educação infantil, pois o uso dessa ferramenta pedagógica enriquece o vocabulário dos educandos, além de auxiliar na compreensão das várias disciplinas. A utilização de palavras cruzadas é feita em todas as disciplinas, inclusive em matemática. A criança consegue reconhecer os erros sozinho, pois quando sobra alguma abertura no exercício ela sabe que falta alguma coisa na escrita correta. 
As palavras cruzadas, jogo de adivinhar palavras e cruzá-las em sentido horizontal e vertical, tiveram origem no Antigo Egito e foram publicadas no Brasil, em 1925 pela primeira vez, no jornal carioca “A Noite”. 
Esse exercício é uma forma de entretenimento para algumas pessoas, porém ao serem usadas as palavras cruzadas estimulam o raciocínio. O recurso de se usar esse suporte pedagógico em sala de aula de modo lúdico, colabora para desenvolver nos estudantes escrever e compreender o sentido das palavras e sua ortografia.
A palavra cruzada tem vários subsídios importantes que colaboram no desenvolvimento do pensamento e da linguagem, além da ortografia e questões semânticas. O uso desse jogo nas escolas, também favorece e provoca o estímulo cognitivo, assim como, auxilia na compreensão e coordenação e na aprendizagem do significado das palavras.




sábado, 28 de fevereiro de 2015

Como acessar o Whatsapp no computador

Aprenda como acessar a sua conta de Whatsapp diretamente no Computador

Como acessar o Whatsapp no computador
Este é um desejo de muitos usuários do Whatsaap, acessar sua conta diretamente pelo computador. Até surgiram algumas alternativas, mas que não davam muito resultado e que por sinal estão sendo punidos pelo próprio Whatsapp.
Esta semana O Whatsapp disponibilizou oficialmente sua versão para Web, com isto, não é necessário instalar nada no computador, porém é essencial utilizar o navegador Google Crhome.
Qual a vantagem de usar o Whatsapp no computador?
Antes de explicar como ativar a versão para Web, é importante mostrar qual a vantagem deste recurso.
No meu ponto de vista, só o fato de você usar o computador, já facilita a velocidade de comunicação, pois, podemos usar o teclado comum, digitando muito mais rápido, porém isto não é o principal.
Podemos citar vários pontos positivos, sendo que o que mais agrada é a economia de bateria no Smartphone, pois, quando usamos muito o Facebook e o Whatsapp, nossa carga de bateria literalmente desaparece.
Pensando no ponto de vista profissional e estratégico, as possibilidade são amplas, pois é possível usar o computador de trabalho para atender com maior qualidade todos os seus contatos do Whatsapp, pois é possível enviar áudio direto do microfone do computador, enviar fotos armazenadas , tirar fotos usando a webcam local, salvar imagens da conversa, entre outras opções.
Quais as desvantagem?
Se usar o Whatsapp pelo celular já não era tão seguro, pelo computador esta situação é um pouco mais agravante, pois para os que trabalham com informação sigilosas, podem ter estes dados expostos de forma mais fácil.
Ao conversar com uma outra pessoa pelo Whatsapp, pode ser que a mesma esteja usando o computador com uma tela maior ou até numa Smart TV, e o conteúdo desta conversar sendo exposto pra muitos. Além disto, é muito mais fácil capturar telas da conversa e  realizar transmissão em tempo real de todo o diálogo expondo o conteúdo na web.
Vejamos um pequeno exemplo:
É possível estar usando o Whatsapp pela web e ativar ferramentas de transmissão online como Hangout, ou ferramentas de suporte (Team Viewer) e exibir o diálogo para terceiros enquanto conversa. Considero que dependendo do ponto de vista, pode ser uma vantagem para comprovar alguma fato, ou um risco  se alguém de má fé decidir expor o conteúdo na rede.
Qualquer um pode usar este recurso do Whatsapp?
No momento o serviço está disponível para quem tem a versão atualizada do aplicativo para os seguintes sistemas:
Sistemas que funcionam o Whatsapp Web
A versão para Iphone ainda não foi disponibiliza, mas sairá em breve.
Como ativar o Whatsapp na Web
Após ter atualizado seu aplicativo, acesse a opção “Whatsapp Web” de acordo com o exemplo acima, em seguida acesse https://web.whatsapp.com/ somente pelo navegador Google Chrome, pois se tentar por outro navegador será exibida uma imagem semelhante a esta.
Whatsapp somente pelo Chrome
Ao acessar o link pelo Google Chrome, então será exibida a seguinte tela, neste momento, leve o seu aparelho de frente com o QRcode, com isto seu aparelho e computador serão sincronizados, confirmando sua conta de Whatsapp e permitindo o uso do serviço direto pela Web.
Whats no computador
 Como desconectar da versão Web
Temos duas formas de desconectar da versão Web:
– Desconectando o Smartphone da internet, com isto automaticamente o serviço web é desconectado
– Acessando  a opção “sair” que está na parte superior esquerda, clicando no  menu , veja a imagem de exemplo.
Sair do Whatsapp
Como é a tela da Versão Web?
Esta é a tela da versão Web, em destaque é informado a necessidade de deixar o aparelho ligado durante o uso da versão web.
whats tela web para conversa
Ao lado esquerdo é possível ver os contatos e clicando neles a forma de conversa é semelhante ao modelo usado no smartphone.
Ainda ao lado esquerdo temos uma lembrete, informando que podemos ativar a notificação de nova mensagens na área de trabalho, com isto, enquanto estamos trabalhando no computador, podemos ser notificados que chegaram novas mensagens.
Conclusão: É um recurso muito interessante, de modo geral apresenta benefícios, principalmente se pensarmos nas empresas e profissionais que usam deste serviço para se relacionar com seu público, mas vale lembrar o bom senso no uso da mídia para não expor dados de terceiros.
Fonte:
http://blog.oconsultorweb.com/

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Hangout a nova forma de falar com seus amigos



Conheça o novo Hangout, uma nova forma de falar com seus amigos


google_hangout_novo
O Hangout é um dos serviços disponíveis no Google Plus (rede social do Google). Este serviço até o momento tinha como finalidade realizar vídeo chamada entre os contatos do Google Plus, Gmail e até o esquecido Orkut. O serviço ainda não é conhecido por muitos, pois, boa parte dos internautas ainda utilizam outros serviços de bate papo como o MSN (que agora é Skype), e principalmente o  bate papo do Facebook.
A Google com a meta de liderar o mercado de comunicador instantâneo, fortalecer sua presença por meio de dispositivos móveis e também fortalecer a integração entre todos os serviços do Google, lançou semana passada um novo aplicativo para Iphone e Android, o  Hangout que agora  tem um aplicativo independente.
O que há de especial neste serviço de mensagem?
Disponível para Android e Iphone, este aplicativo permite comunicação por meio de mensagem de texto igualmente aos outros serviços, porém, o grande diferencial é o serviço de vídeo chamada, no qual você pode chamar vários amigos para mesma conversa, sendo possível falar e visualizar todos este contatos.
Outra vantagem  é  realizar tudo isto diretamente do seu Smartphone, independente de estar utilizando sua rede Wifi ou seu plano 3G, pois, em ambos o serviço funciona muito bem.
Como Ativar o serviço?
Acesse o Google Play e procure pelo aplicativo “Hangout“, após instalado, acesse o aplicativo, informe seu usuário de conta no Google, confirme seu número de celular e após este processo o aplicativo está pronto para ser utilizado.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Evite Pleonasmos

Olá!
Leia atentamente, e vamos que vamos!

“Eu canto um canto matinal”. (Guilherme de Almeida)
“A ameaça, o perigo, eu os apalpava quase”. (Guimarães Rosa)
Na primeira afirmação, o escritor utiliza o verbo cantar, que já traz consigo a ideia de canto (quem canta, logicamente canta um canto). Na segunda, de Guimarães Rosa, os vocábulos “ameaça” e “perigo” fazem parte de um mesmo eixo significativo: são sinônimas. Entretanto, o escritor usou as duas, a fim reforçando a idéia que queria transmitir.
Quando fazemos uso de expressões redundantes com a finalidade de reforçar uma ideia estamos utilizando a figura de linguagem chamada pleonasmo. Quando bem elaborada, além de embelezar o texto, esta figura de linguagem intensifica e destaca o sentido da expressão onde foi empregada.
“A vida, não vale a pena nem a dor de ser vivida”. (Manuel Bandeira)
Deve-se evitar, entretanto, o uso de pleonasmos viciosos. Estes não têm valor de reforçar uma noção já implicada no texto. Antes são fruto do desconhecimento do sentido das palavras por parte do falante. O pleonasmo vicioso é muito utilizado na modalidade oral, o que acaba influenciando a modalidade escrita. Veja alguns exemplos:
Menino, entre já para dentro”.
“Eu fui fazer um hemograma de sangue hoje de manhã”.
“Joana sofre de leucemia no sangue”.
“Eu vi com esses olhos que um dia a terra há de comer”.
“A protagonista principal do filme ‘O sorriso de Monalisa’ é Julia Roberts”.




























Fontes
SAVIOLE, Francisco Platão. Gramática em 44 lições. 15 ed. São Paulo, Ática, 406.
TUFANO, Douglas. Estudos de Língua Portuguesa – Minigramática. São Paulo, Moderna, 2007.


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Como ajudar seu filho a estudar com qualidade na rede?



          A internet é importante na hora da educação por estar intimamente ligada ao dia a dia da criança e do jovem
          Em tempos de comunicação digital, você faz ideia de como o seu filhoestuda? É bem provável que irá encontrá-lo no quarto com a TV ligada, a tela docomputador repleta de janelas abertas - e pronto para atender à chamada do celular. E, se você acha que o seu filho não está levando os estudos a sério, dê atenção ao exemplo de Fernanda Salgado, paulistana de 17 anos. Às vésperas de prestar vestibular para Direito, ela diariamente faz pesquisas, enquanto troca mensagens no Facebook, assiste vídeos no YouTube e compartilha textos no Googledrive. Tudo rápido, simultâneo e resolvido com o seu iPad. Mas - você gostaria de confirmar - e os estudos? "Vão bem, só desvio a atenção deles por minutos", diz, ela que tem ótimo rendimento escolar.

          Seguramente, esse não foi o modo como você - e os pais dos colegas do seu filho - se habituaram a estudar para um exame. "É outra forma de lidar com o conhecimento", aponta Luciana Allan, diretora técnica do Instituto Crescer. "O cérebro do jovem trabalha hoje de outro modo", reforça Sonia Bertocchi, do blog Lousa Digital. Fato é que muito ainda se faz necessário para entender a forma como a garotada hoje se relaciona com a internet. E, por conhecer pouco, pais e professores sentem-se inseguros para orientar. Com a ajuda das especialistas, preparamos dicas que indicam o que deve ser feito para estimular crianças e jovens a aproveitar a rede nos estudos.

Para ler, clique nos itens abaixo:



domingo, 14 de dezembro de 2014

Exercícios - Denotação e Conotação

  • Questão 1

    Atenha-se a uma leitura minuciosa do texto em evidência e, em seguida, responda ao que se pede:

    Metáfora
    Uma lata existe para conter algo
    Mas quando o poeta diz: "Lata"
    Pode estar querendo dizer o incontível

    Uma meta existe para ser um alvo
    Mas quando o poeta diz: "Meta"
    Pode estar querendo dizer o inatingível

    Por isso, não se meta a exigir do poeta
    Que determine o conteúdo em sua lata
    Na lata do poeta tudo nada cabe
    Pois ao poeta cabe fazer
    Com que na lata venha caber
    O incabível

    Deixe a meta do poeta, não discuta
    Deixe a sua meta fora da disputa
    Meta dentro e fora, lata absoluta
    Deixe-a simplesmente metáfora

                              Gilberto Gil
                                         Composição: Gilberto Gil - 1982
    * Levando-se em consideração os sentidos expressos pela linguagem, comente acerca do discurso presente na criação de Gilberto Gil.

  • Questão 2
    Aos estabecermos familiaridade com os enunciados linguísticos subsequentes, notamos que estes integram determinadas circunstâncias comunicativas presentes na linguagem cotidiana. Assim sendo, analise-os levando-se em consideração o sentido contextual por eles expresso.
    A garota está com a pulga atrás da orelha.
    Nossa! Fulano é uma cobra!
    Não posso fazer mais compomisso, pois estou com a corda no pescoço.

  • Questão 3
    Explicite seus conhecimentos sobre o emprego da linguagem conotativa e denotativa mediante os discursos manifestados nas situações de interlocução.

  • Questão 4
    Frente a uma análise dos excertos ora demarcados, depreende-se que os trechos nos quais o autor se propôs ao emprego da linguagem conotativa podem ser identificados por:

                            I
    Amor é fogo que arde sem se ver;
    É ferida que dói e não se sente;
    É um contentamento descontente;
    É dor que desatina sem doer.


    É um não querer mais que bem querer;
    É um andar solitário entre a gente;
    É nunca contentar-se de contente;
    É um cuidar que se ganha em se perder.


    É querer estar preso por vontade
    É servir a quem vence o vencedor,
    É ter com quem nos mata lealdade.


    Mas como causar pode seu favor
    Nos corações humanos amizade;
    Se tão contrário a si é o mesmo amor?

                                                    Luís de Camões
    II

    Os poemas

    Os poemas são pássaros que chegam
    não se sabe de onde e pousam
    no livro que lês.
    Quando fechas o livro, eles alçam voo
    como de um alçapão.
    Eles não têm pouso
    nem porto
    alimentam-se um instante em cada par de mãos
    e partem.
    E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
    no maravilhoso espanto de saberes
    que o alimento deles já estava em ti...
                     Mário Quintana
    III

    Cortar o tempo
    Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
    a que se deu o nome de ano,
    foi um indivíduo genial.
    Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
    Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
    Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente.
                                                     Carlos Drummond de Andrade

  • Questão 5
    Partindo-se do pressuposto de que a linguagem é expressa por diferentes sentidos em um dado contexto, atribua aos exemplos em questão os códigos mencionados:
    ( D ) denotação
    ( C ) conotação 

    a -  (   )
    Horário de verão começa à meia-noite deste sábado.
    Relógios devem ser adiantados em uma hora no Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
    Expectativa é de redução de 5% na demanda de energia no horário de pico.http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/10/horario-de-verao-comeca-meia-noite-deste-sabado.html

    b – (     )

    c – (   )

    Memória
    Amar o perdido
    deixa confundido
    este coração.

    Nada pode o olvido
    contra o sem sentido
    apelo do Não.

    As coisas tangíveis
    tornam-se insensíveis
    à palma da mão

    Mas as coisas findas
    muito mais que lindas,
    essas ficarão.
    Carlos Drummond de Andrade

    d – (     )
    A camada de ozônio, o escudo que protege a vida na Terra dos níveis nocivos de radiação ultravioleta, manteve-se estável na última década, conforme estudo elaborado pela Organização Mundial da Meteorologia (OMM) e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), divulgado nesta quinta-feira.
                                                                                                       [...]                                                       (Fonte: Folha de São Paulo, 16/09/2010)

Gabarito
Resposta Questão 1
Tão logo estabelecemos contato com o texto, constatamos que o autor estabelece um jogo de sentido entre o vocábulo “lata” que, de acordo com seu sentido denotativo, representa um recipiente que utilizamos para “depositar” algo. Aplica-lhe, sobretudo, um sentido conotativo, uma vez que em se tratando da criação imaginativa do poeta, essa lata tudo pode comportar, como nos revelam os fragmentos:
Na lata do poeta tudo nada cabe
Pois ao poeta cabe fazer
Com que na lata venha caber
O incabível
[...]

Diante de tais elucidações, concluímos que se trata da metáfora referente à própria criação poética, como literalmente expressa por meio do título.

Resposta Questão 2
A linguagem conotativa encontra-se demarcada não somente em textos publicitários e na linguagem poética, mas também na linguagem cotidiana de uma forma geral, dada a nossa forte carga de expressividade e afetividade. Assim, por meio dos enunciados constatamos que o sentido expresso no primeiro é revelado por temor, medo de algo que possa vir a acontecer. O segundo retrata o sentido de uma pessoa má, portadora de atitudes abomináveis, e o terceiro representa algo relacionado a uma sobrecarga de compromissos financeiros.

Resposta Questão 3
O sentido expresso pelas palavras está relacionado, primeiramente, à noção de significado e significante, sendo este identificado pela materialização da palavra propriamente dita, ou seja, as letras e os sons que ela representa; e aquele pela parte concreta, isto é, o significado, remetendo-nos a uma imagem mental, representativa.
Dessa forma, temos que uma mesma palavra pode adquirir diferentes significados, dependendo do contexto em que se encontrar inserida, visto que na linguagem conotativa o sentido deixa de ser convencional e passa a adquirir múltiplos sentidos, dadas as diferentes interpretações que se atribuem a estes. Quanto ao emprego, sua incidência se dá por meio da  linguagem publicitária e da linguagem literária como um todo. 
Já o sentido denotativo, real, faz parte dos textos informativos, científicos e didáticos como um todo, pois a objetividade representa a principal característica.

Resposta Questão 4
Texto I

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
[...]
É um andar solitário entre a gente;
[...]
É querer estar preso por vontade
-------------------------------------------
Texto II
Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam voo
como de um alçapão.
alimentam-se um instante em cada par de mãos
e partem.
-------------------------------------------------------
Texto III
Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
[...]
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Resposta Questão 5
D; C; C; D.

Exercícios - Linguagem Verbal e Não Verbal


Testando seus conhecimentos!
Bons Estudos
  • Questão 1
    (UERJ)
    Mineiro de Araguari, o cartunista Caulos já publicou seus trabalhos em diversos jornais, entre eles o Jornal do Brasil e o The New York Times
    Mineiro de Araguari, o cartunista Caulos já publicou seus trabalhos em diversos jornais, entre eles o Jornal do Brasil e o The New York Times
    No cartum apresentado, o significado da palavra escrita é reforçado pelos elementos visuais, próprios da linguagem não verbal. A separação das letras da palavra em balões distintos contribui para expressar principalmente a seguinte ideia:
    a) dificuldade de conexão entre as pessoas
    b) aceleração da vida na contemporaneidade
    c) desconhecimento das possibilidades de diálogo
    d) desencontro de pensamentos sobre um assunto

  • Questão 2
    Nos quadrinhos, o uso simultâneo das linguagens verbal e não verbal contribui para a construção de sentidos do texto
    Nos quadrinhos, o uso simultâneo das linguagens verbal e não verbal contribui para a construção de sentidos do texto
    Na tira do cartunista argentino Quino, utilizam-se recursos gráficos que lembram o cinema.
    A associação com a linguagem artística do cinema, que lida com o movimento e com o instrumento da câmera, é garantida pelo procedimento do cartunista demonstrado a seguir:
    a) ressaltar o trabalho com a vassoura para sugerir ação.
    b) ampliar a imagem da mulher para indicar aproximação.
    c) destacar a figura da cadeira para indiciar sua importância.
    d) apresentar a sombra dos personagens para sugerir veracidade.

  • Questão 3
    Tirinha Garfield, de Jim Davis
    Tirinha Garfield, de Jim Davis
    Sobre a tirinha de Garfield, é correto afirmar que:
    a) A linguagem verbal é o elemento principal para o entendimento da tirinha.
    b) O uso da linguagem verbal não faz diferença para a compreensão da tirinha.
    c) O uso simultâneo das linguagens verbal e não verbal colabora para o entendimento da tirinha.
    d) A sequência cronológica dos fatos relatados nas imagens não influencia na compreensão da tirinha.

  • Questão 4
    Sobre as linguagens verbal e não verbal, é INCORRETO afirmar que:
    a) A linguagem verbal utiliza qualquer código para se expressar, enquanto a linguagem não verbal faz uso apenas da língua escrita.
    b) São utilizadas para criar atos de comunicação que nos permitem dizer algo.
    c) A linguagem não verbal é aquela que utiliza qualquer código que não seja a palavra, enquanto a linguagem verbal utiliza a língua, seja oral ou escrita, para estabelecer comunicação.
    d) Linguagem verbal e não verbal, quando simultâneas, colaboram para o entendimento do texto.

  • Questão 5
    Gráficos são exemplos de utilização simultânea das linguagens verbal e não verbal. É preciso analisar as duas ocorrências para a compreensão do texto
    Gráficos são exemplos de utilização simultânea das linguagens verbal e não verbal. É preciso analisar as duas ocorrências para a compreensão do texto
    Nos gráficos, os elementos visuais e os elementos textuais são fundamentais para o entendimento total da mensagem transmitida. No gráfico em questão, a linguagem verbal e a linguagem não verbal têm como intenção mostrar ao leitor que:
    a) O número de casamentos entre pessoas acima de 60 anos diminuiu em um período de cinco anos.
    b) O número de pessoas acima de 60 anos que estão inseridas no mercado de trabalho é proporcionalmente inverso à quantidade de pessoas que se casam nessa faixa etária.
    c) Apresenta dados para o leitor que comprovam o aumento no número de casamentos entre pessoas acima de 60 anos, assim como o aumento da inserção de pessoas acima de 60 anos no mercado de trabalho.
    d) Apresenta a preocupação com a diminuição no número de casamentos entre pessoas de várias faixas etárias da população brasileira, assim como a dificuldade dessas pessoas para conseguir emprego no mercado de trabalho.

Gabarito

Resposta Questão 1
Alternativa “a”. Observe que no cartum os elementos visuais e textuais estão combinados, portanto, ambos são necessários para a sua compreensão. As letras da palavra “solidão” aparecem em diferentes balões pertencentes a personagens também distintos, reforçando a ideia de que nenhum tipo de comunicação é estabelecido entre eles. Os personagens caminham em sentidos opostos, o que denota a dificuldade que os seres humanos têm de se conectarem.

Resposta Questão 2
Alternativa “b”. Para o melhor entendimento da questão, é preciso observar todos os elementos presentes nos quadrinhos, entre eles, as linguagens verbal e não verbal. A linguagem não verbal é representada pelos recursos gráficos utilizados pelo cartunista, com destaque para a imagem da mulher que, à medida que a história é contada, sofre ampliação, simulando o efeito de close muito utilizado no cinema.

Resposta Questão 3
 Alternativa “c”. Apesar da predominância da linguagem não verbal, a linguagem verbal colabora para a construção de sentidos da tirinha.

Resposta Questão 4
Alternativa "a".

Resposta Questão 5
Alternativa “c”. A intenção do gráfico é demonstrar o aumento no número de casamentos entre pessoas acima de 60 anos em relação ao número de casamentos da população brasileira fora dessa faixa etária, assim como o aumento da população acima de 60 anos no mercado de trabalho.