quarta-feira, 8 de maio de 2013

Dicas de como usar o Facebook na educação



Os alunos de hoje fazem parte desta comunidade que fascina. Para isso a necessidade de repensar de como fazer do seu uso uma ferramenta para o conhecimento e para tornar a aula mais dinâmica, mais atrativa.
Devemos usar as redes sociais para mostrar a produção dos alunos e ressalta que é importante os alunos serem guiados. Para a eficiência pedagógica do uso das ferramentas de rede social é preciso que tanto professores como alunos devem estar conscientes do uso responsável com orientações que possam tornar o processo de construção de conhecimento cooperativo, mediado e planejado, caso contrario o processo  pedagógico pode se tornar tão comum como um Chat de bate papo sem objetivo.
O próprio Facebook disponibilizou este ano uma série de dicas para professor usarem a rede social dentro e fora da sala de aula, e também orienta em como guiar os alunos no seu uso. O seu conteúdo é em inglês está disponível, foi criado também uma página chamada Facebook Education, que reúne diversos educadores que compartilham suas experiências.
Diante dessa experiência, confira abaixo algumas dicas de como fazer um bom uso dessa rede social na educação:
1 – O Facebook é uma ótima ferramenta para que professores  e alunos de uma mesma escola possam compartilhar suas experiências. “Um canal da escola poderia possibilitar a interação dos educadores participantes no compartilhamento de propostas pedagógicas, discussão sobre temas de importância da comunidade escolar,  desenvolvimento de projetos de ação interdisciplinar,  aproximar os profissionais e alunos favorecendo o relacionamento interpessoal”, apontou Carlos Lima.
2- Com as redes socais os alunos tem a possibilidade de conversar com o professor tirando dúvidas, ou o ele pode marcar um horário individual ou em grupo para que todos se conectem. É importante dar devolutivas as questões postadas, destaca Jane Reolo, “Mas perceber e incentivar que os próprios integrantes do grupo respondam pode desenvolver a cultura da colaboração”.
3- Nas redes sociais os professores também podem dar a oportunidade para a comunidade conheça os trabalhos dos alunos por meio do compartilhamento dos resultados.
4- Criar grupos de monitoria com seus alunos, assim um aluno que tem mais dificuldade pode ser acompanhado pelo seu colega que o ajudará nas suas dúvidas. Essa ação, além de dinamizar o tempo do professor com o aluno, ainda pode fortalecer os vínculos de confiança e amizade.
5- Utilizar os eventos, que podem ser abertos ou fechados aos integrantes do grupo, também é uma forma de encontrar facilmente outras discussões, pois com o feed de notícias as datas vão se sobrepondo.
Essas são só algumas das possibilidades de uso do Facebook na educação, mas já é uma boa forma de começar!
Fontes: