quarta-feira, 14 de outubro de 2015

10 coisas que prejudicam o WIFI

10 coisas que prejudicam o Wi-Fi e que devem ser evitadas

Seu Wi-Fi está mais lento do que deveria? Existem algumas coisas que podem estar prejudicando sua Internet, inclusive coisas que você mesmo faz. Veja abaixo uma lista com 10 coisas que você pode estar fazendo de errado com a sua rede. 

1. Usar dispositivos Bluetooth no ambiente
Usar dispositivos Bluetooth no espaço onde o roteador está pode sim interferir no seu sinal de Internet. Apesar dos fabricantes terem desenvolvido técnicas específicas para diminuir esse problema, essa interferência ainda existe, só que amenizada. Se o seu celular for antigo, o problema pode ser ainda maior, já que dificilmente ele terá essa nova tecnologia.

2. Colocar o roteador em uma posição ruim
A posição que nós mesmos colocamos o roteador pode sim atrapalhar o sinal da Internet. Verifique se o seu roteador está instalado em uma posição central com relação aos demais dispositivos que se conectarão a ele. É importante não deixa-lo muito próximo de obstáculos que podem causar interferência no serviço de Internet. O aparelho deve estar instalado em um cômodo central da casa.

3. Usar antenas em uma altura baixa
Quanto mais altas estiverem as antenas, melhor será o sinal da sua rede sem fio. No caso da antena do Transmissor, ela deverá ficar a uma altura de pelo menos 1,5 metros de distância do chão. 

4. Usar o dispositivo muito longe do roteador
Se a sua Internet estiver muito lenta, experimente usá-la bem próxima do roteador. Isso porque, quanto mais longe você estiver da central de dados, pior será o alcance da rede.

5. Usar eletrodomésticos em rede sem filtro
Outros aparelhos, como liquidificador, micro-ondas, batedeiras e secadores de cabelo, podem interferir na rede Wi-Fi. Isso acontece porque, caso a sua rede elétrica não tenha filtros, outros aparelhos ligados a ela podem interferir na energia elétrica que seu ponto de acesso ou roteador recebe da tomada. Para evitar isso, busque sempre colocar seu ponto de acesso protegido por um no-break ou estabilizador. 

6. Usar antenas fracas
Além dos problemas eventuais, a sua Internet pode estar conectada a uma antena fraca, o que faz ela ficar ainda mais lenta. Vale lembrar que nem sempre ter muitas antenas ligadas ao roteador significam uma melhor propagação do sinal. Portanto, caso você detecte que seu sinal está fraco e o desempenho da sua rede está pior do que o esperado, a sugestão pode ser comprar uma antena mais potente. A maioria dos roteadores e pontos de acesso permite a troca da antena por uma com maior potência.

7. Usar firmware antigo
O firmware – conjunto de instruções operacionais que são programadas diretamente no hardware de equipamentos eletrônicos – quando muito antigo pode prejudicar sua rede Wi-Fi. Os mais atuais tem melhorias no desempenho e conserto de bugs, por isso a solução é sempre manter o firmware atualizado. Mas atenção, nem sempre esta solução pode funcionar. A operação deve ser feita com cuidado, e deve ser evitada por usuários leigos, sob o risco de inutilizar o roteador. Depois de fazer a atualização, será necessário configurar novamente o Wi-Fi.

8. Não colocar senha no seu Wi-Fi
Você pode ter certeza que se você não colocar uma senha na sua rede Wi-Fi ela certamente será usada por outras pessoas. Não é egoísmo, mas o grande número de gadgets usando um mesmo sinal pode sim congestioná-lo. A dica é sempre colocar uma senha, fique ligado. 

9. Usar os mesmos canais dos vizinhos
Outros roteadores de casas próximas a sua podem atrapalhar sua rede sem fio. Isso é muito comum em condomínios e prédios, principalmente se muitos roteadores estiverem emitindo sinal em canais idênticos. Cada equipamento vem, em média, com 16 canais disponíveis, e pode acontecer deles estarem configurados no mesmo canal que o do seu vizinho. Nesses 

10. Janelas, portas e vidros
Ao pensar na localização do roteador, é importante levar em consideração que paredes, janelas e portas podem prejudicar a qualidade da rede. O vidro também é um material que prejudica o funcionamento da Internet sem fio. Por isso, procure não transpor o sinal por barreiras tais como vidraças e portas de vidro. Além disso, portas e paredes muito grossas podem ser um problema na transmissão do Wi-Fi.